É Amor…

Há todo tipo de história neste mundo e hoje só falarei do que enobrece a alma e torna os dias vibrantes e coloridos.

Muito fácil para alguns, parece que o amor espera na esquina e tudo acontece perfeitamente, dentro dos padrões. Os enamorados, as famílias e a sociedade abençoam uma união típica, comum, normal. Não que conviver seja fácil, não que as dificuldades não aconteçam e as vitórias não sejam dignas de heróis diários que somos todos nós, mas há um ar de “perfeição” nos acontecimentos, conhecidos e rotineiros num script que parece conhecermos de cor.

Para outros o caminho é mais longo, por vezes, muito longo. Muitas pessoas entram e saem do caminho, são muitas histórias numa mesma história. Muitas chegadas e muitas despedidas, mudanças não planejadas, sonhos desfeitos e refeitos adaptando-se às circunstâncias. É uma evolução solitária mesmo quando muitos beijos diferentes habitam os dias. O amor se mostra em tantas perspectivas diferentes que quando chega novamente, demora para ser reconhecido.

Quando o tempo passa e ninguém chega para ficar, o coração vive realidades incompreensíveis para quem não vive o mesmo. Alguém chega da forma mais inusitada imaginável e por um tempo, transforma tudo que você achava que sabia, tudo que você achava que queria, tudo que você achava que estava preparado para viver.

São presentes únicos que se desvanecem rápido, são sensações que elevam nossa compreensão para um outro nível e momentaneamente fazem com que nos sintamos entre todos os bilhões de habitantes do planeta, a pessoa mais importante e feliz de todas.

Agradecer, infinitamente, o toque suave inconfundível que acaricia o corpo e a alma, o olhar diferente que faz com que sejamos pessoas melhores, o compartilhamento na montanha russa do dia-a-dia, o sonho ainda que momentâneo para uma vida toda.

Cada sorriso, cada desejo, cada atitude que deixou marcas cuja lembranças ainda inundadas de saudades são felizes, porque foi bom, porque valeu a pena, porque foi um presente.

E a gente se adapta, ao antes e ao depois. A gente segue, porque ali na frente, o amor vai estar novamente esperando. Para chegar, para ficar ou para passar.

São muitas histórias numa mesma história e está tudo bem não seguir o padrão, ser fiel ao coração e acreditar sempre, que o melhor está chegando.

*****

Se quiser doar qualquer valor para este blog, aponte a câmara do seu celular para imagem acima quando estiver dentro do seu aplicativo bancário ou diretamente pelo PIX tinaventuri@gmail.com.
Muito obrigada!

Qual sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.