Finanças Com Valentina Venturi – Encontro 3

Não há atalho, você vai ter que aprender a guardar dinheiro.

Sem reserva de emergência, não há como passar por um momento turbulento sem prejuízos. Você vai acabar fazendo dívidas quando o carro quebra, quando um problema de saúde inesperado custa caro, quando a geladeira tem que ser substituída às pressas ou então vai gastar antes do tempo aquele dinheiro que investiu em alguma coisa, perdendo o rendimento.

E quanto guardar?

Essa equação mudará de família para família, conforme as necessidades de cada uma e há divergência entre especialistas, mas se você já tem maturidade financeira, como falamos no encontro anterior, minha recomendação é de seis salários (ou rendimentos mensais) seus.

Pode parecer muito, mas não é. Só quando você ultrapassar este valor, poderá investir o que estiver acima deste limite. O valor para seis meses de sustento num período que não haja nenhuma fonte de renda é essencial, pois crises vem e vão, há períodos onde se consegue um novo trabalho rapidamente e há períodos em que isso fica bem difícil. Para que você possa se manter focado em encontrar uma nova ocupação sem a preocupação das contas, é preciso ter poupado.

Este valor deve estar em algo de fácil acesso, um fundo com rendimento e liquidação diária ou no máximo D+1, até mesmo a tão desconceituada velha poupança pode valer para a reserva. Claro que sempre procuramos melhores rendimentos e queremos que nosso dinheiro não perca o valor de compra (não desvalorize) mas para quem tem pouco conhecimento, a antiga poupança cumprirá o papel de estar acessível praticamente sem burocracias no momento de emergência.

Lembre-se também que empresas financeiras como o PicPay (use o código 4MX7SW para ganhar até R$ 20,00 de crédito inicial) e o Nubank tem remuneração em suas contas correntes. Quando escrevo esta postagem o PicPay está pagando 150% do CDI e o Nubank 100%, sem tarifas. Então são bons locais para guardar dinheiro, ter rendimento e acessar facilmente quando necessário.

Como começar a guardar?

Se você vai começar do zero, ou seja, não tem um centavo guardado, estipule metas: deposite mensalmente R$ 50,00 para começar como se estivesse pagando uma conta que não pode ser adiada. Coloque na sua mente que esta é uma conta prioritária (e é, pois está plantando seu futuro), depois vá aumentando, aos poucos, este valor. Ainda que demore um tempo, quando você notar, já terá uma pequena reserva que irá crescendo, até você alcançar a tranquilidade de contar com seu próprio dinheiro num momento difícil.

Mãos à obra!

Se você quiser conhecer muitos dos investimentos disponíveis no mercado hoje, adquira meu livro aqui!

Para acessar todos os encontros, clique aqui!

Até o próximo encontro!

ATUALIZAÇÃO: A partir de junho de 2021 grande instabilidade gerou desespero aos usuário do PicPay. Invasão de contas, furtos e travamento geral das funcionalidades inviabilizaram o aplicativo. Por este motivo, indico que pesquisem a reputação nos órgãos de defesa do consumidor antes de aderir ao serviço.

*****

Se quiser doar qualquer valor para este blog, aponte a câmara do seu celular para imagem acima quando estiver dentro do seu aplicativo bancário ou diretamente pelo PIX tinaventuri@gmail.com.
Muito obrigada!

Qual sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.